Franquias de bijuterias crescem e conquistam mais empreendedores

Por
em
franquia de bijuterias imagens ilustrativas
Advertisement

Investir em franquias de bijuterias pode ser um negócio lucrativo e fácil de gerenciar. Porém, é importante se certificar de que a franqueadora oferece o suporte adequado. Quer saber como fazer essa avaliação? Então, prossiga com a leitura deste texto.

Franquias de bijuterias faturam, junto a outros modelos de loja, cerca de R$ 600 milhões por ano. Fazendo parte do segmento de Moda, o negócio é um dos responsáveis pelo crescimento anual de 10,40% do ramo, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Quem deseja investir no ramo pode abrir uma empresa do zero ou, então, optar por uma franquia de bijuterias.

A opção por uma franquia é cheia de vantagens. Para começar, o empresário obtém todo o plano de negócio da marca, com o passo a passo para o início do negócio, gerenciamento e planejamento financeiro.

Uma franqueadora já testou modos de fazer, acertou e errou. Dessa forma, todo o passo a passo apresentado por ela possui respaldo na prática. Assim, as chances de sucesso de um franqueado serão muito maiores.

Outro ponto interessante de uma franquia é que a marca já é conhecida no mercado. Portanto, o franqueado não precisa “fazer seu nome”. Pois ele embarca na fama da loja principal e só precisa manter o seu padrão de qualidade. Sabendo da boa fama da empresa, os consumidores são atraídos de forma mais rápida.

Além disso, a franqueadora oferece todo tipo de suporte ao empreendedor. Em outras palavras, é garantido auxílio para a montagem da loja, capacitação da equipe, para o gerenciamento do negócio, bem como outras coisas que mostraremos a seguir.

Fatores necessários para abrir franquias de bijuterias

Na hora de abrir uma franquia de bijuteria, é necessário considerar uma série de fatores. Não apenas sobre a marca, mas também sobre o planejamento como um todo. Sendo assim, listamos cinco fatores que você deve prestar atenção.

1. Você possui o perfil para o empreendimento?

A princípio, não é obrigatório que o empreendedor possua conhecimento ou experiência sobre joias e bijuterias. Isso porque a franqueadora oferece toda a capacitação necessária sobre o assunto. Contudo, é importante ter certo interesse pelo ramo.

Pois quando o empresário não se sente atraído por uma atividade, dificilmente ele encontra realização profissional (mesmo que o negócio gere ótimos lucros).

Da mesma forma, é importante ter aptidão para o gerenciamento de pessoal. Esse tipo de conhecimento pode ser adquirido por meio de cursos rápidos ou da Educação Superior, bem como em livros, vídeos e mais.

2. Público das franquias de bijuterias

Advertisement

No quê os consumidores da sua região têm interesse? Em bijuterias, semijoias, em joias? Em peças mais sóbrias ou coloridas? Quais tipos de acessórios são mais comuns entre este público?

Ou seja, é importante fazer a sua pesquisa de público do modo mais detalhado possível. Tenha atenção a situação econômica, faixa etária e outros aspectos.

Mais do que ajudar na escolha da marca de franquia, essas informações vão facilitar a formatação de campanhas publicitárias para atrair de clientes.

3. Investimento de uma loja de bijuterias

Outro ponto essencial na escolha de uma franquia é a sua possibilidade de investimento. Para se ter uma ideia, uma loja de 20 m² requer investimento de quase R$ 57 mil.

A estimativa do Sebrae compreende gastos como a reforma do local, compra de mobiliário e outras, mas ainda não considera a taxa de franquia e royalties. Afinal, esses últimos valores variam de acordo com a franqueadora.

Isso significa que você precisa avaliar cada um dos custos associados à franquia. Depois, coloque na ponta do lápis os valores que você já possui e avalie a possibilidade de um empréstimo.

Se for necessário obter capital com o banco, também é importante inserir a estimativa de juros no planejamento. Um planejamento financeiro completo facilita a percepção das necessidades e vantagens do negócio.

4. Localização

Para lojas de bijuterias, as melhores localizações são aquelas com grande fluxo de pessoas. A visibilidade desse tipo de produto é o que atrai os consumidores.

Mas antes de escolher o local, avalie bem se o seu público-alvo trafega na região, bem como seus concorrentes.

Vemos várias peças de bijuteria expostas em uma loja (imagem ilustrativa). Texto: franquias de bijuterias crescem empreendedores.
Lojas de bijuterias costumam deixar as opções expostas aos consumidores.

5. Reputação da marca

Com os pontos anteriores avaliados, será mais simples escolher a melhor marca entre as franquias de bijuterias. Mas ainda é necessário ir um pouco mais além.

Na verdade, a reputação da empresa deve ser um dos principais aspectos considerados. O que os consumidores acham da marca? E os franqueados, como avaliam a franqueadora?

Você deve ter certeza de que os produtos da marca atraem o público. Além disso, busque saber sobre o suporte, pois isso lhe dará mais segurança. Com todos esses pontos, investir fica ainda mais fácil.

Como se tornar um franqueado no segmento de bijuterias

Após pesquisar as franquias de bijuterias, seu público e localização ideal, o empreendedor pode iniciar o processo de aquisição da sua unidade. Para isso, é necessário realizar um cadastro no site da marca de interesse.

Com este cadastro, a empresa avalia o perfil do empresário, ou seja, se ele está de acordo com os interesses da marca. Essa avaliação garante que a parceria será interessante para as duas partes.

Assim que o empreendedor é “selecionado”, ele é convidado para uma reunião com a franqueadora. Essa reunião pode ser feita tanto presencialmente, quanto de forma on-line.

Neste encontro, o candidato a franqueado tem a oportunidade de avaliar mais de perto a proposta de negócio. Enquanto isso, a franqueadora confirma se o empresário é mesmo o que ela procura para expandir a sua marca.

Se o negócio se mostrar atraente para todos, o contrato de franquia é assinado. Em seguida, o empreendedor recebe um cronograma completo. Ele indicará as datas para a capacitação da equipe, montagem da loja e mais.

Tudo é realizado com o auxílio da franqueadora. Geralmente, o prazo entre a assinatura do contrato e a abertura da loja fica entre 90 e 120 dias.

É importante destacar que, ao abrir uma franquia, o franqueado precisa manter o padrão de produtos e atendimento da marca. Para isso, a franqueadora mantém suporte contínuo durante o tempo de atuação da loja.

Franquias de bijuterias: algumas sugestões do mercado

Durante muitos anos, o mercado de bijuteria era visto com maus olhos. Afinal, bijuterias são “réplicas de joias”. Porém, com o passar do tempo, o setor ganhou identidade e começou a atrair mais consumidores.

Logo, com um mercado mais rentável e crescendo constantemente, investir no segmento tornou-se uma possibilidade interessante. Sendo assim, separamos algumas das melhores oportunidades de franquia de bijuterias.

Belle Bijou 

Criada em 1993, a franquia Belle Bijou trabalha com o chamado “luxo acessível”. São brincos, pulseiras, pingentes, colares, anéis e semijoias, com garantia de até 1 ano.

As peças são folheadas a ouro, prata ou ródio, e ofertadas aos usuários a um preço justo. O público feminino tem bastante interesse em acessórios oferecidos pela marca.

Ao franqueado, a Belle Bijou oferece total assessoria. O novo empreendedor recebe suporte no momento de identificação do ponto comercial, treinamento da equipe, planejamento financeiro e até da gestão administrativa.

  • Taxa de Franquia:
    • Belle loja: R$ 40 mil
    • Belle Quiosque: R$ 30 mil
  • Investimento mínimo: R$ 120 mil
  • Retorno do investimento: 20 meses

Tutti Bijoux 

Já as lojas Tutti Bijoux oferecem mais do que bijuterias. Além destes acessórios, a marca disponibiliza ao consumidor bolsas e cintos. As peças têm estilos variados: há aquelas discretas, básicas, perfeitas para o dia ou noite.

Quando o empreendedor opta pela Tutti Bijoux, ele obtém todo o know-how da marca. A franqueadora também auxilia na gestão de marketing, varejo, treinamento da equipe e dia a dia do negócio.

  • Taxa de franquia: a partir de R$ 30 mil
  • Investimento mínimo: R$ 280 mil
  • Retorno do investimento: 24 meses

Baloné Bijuterias

Atuando desde 2007, a Baloné Bijuterias é a rede de acessórios femininos fast-fashion do Grupo Ornatus. O Ornatus é especialista em gestão de franquias e, por isso, oferece suporte detalhado aos seus franqueados.

O empreendedor pode contar, por exemplo, com o projeto arquitetônico para sua loja, suporte gerencial e na operação do negócio. Além disso, outro diferencial da marca é o seu marketing.

Campanhas realizadas com modelos e celebridades dão destaque aos acessórios, servindo como uma ótima publicidade aos produtos. Por fim, a arquitetura das lojas favorece a exposição dos acessórios, chamando a atenção das consumidoras.

  • Taxa de franquia: R$ 30 mil
  • Investimento mínimo: R$ 285 mil
  • Retorno do investimento: 24 a 36 meses

Empório do Aço

É muito comum encontrar pessoas que têm alergia a bijuterias. Essa síndrome, causada pelo contato do níquel (substância presente na peça) com a pele provoca uma dermatite de contato.

Pensando nesse público específico, e em peças mais ecológicas, surgiu a Empório do Aço, com o objetivo de construir um portfólio 100% hipoalergênicos.

O sucesso do empreendimento é tamanho que, atualmente, já são mais de 3 mil opções de joias para os públicos masculino e feminino. Mais de 300 unidades espalhadas pelo Brasil, América Latina e Europa compõem a rede da Empório.

Além de ser conhecida pelo uso de um aço de maior qualidade que os concorrentes, a empresa também oferece o serviço de fotogravação. Ou seja, ela faz impressões de textos, imagens ou fotos nas suas peças.

  • Taxa de franquia: R$ 125 mil
  • Investimento mínimo: R$ 35 mil
  • Retorno do investimento: 12 a 24 meses
Vemos a imitação de um colar de pérolas em uma caixa de veludo (imagem ilustrativa). Texto: franquias de bijuterias crescem empreendedores.
Existem diversas opções de negócio no ramo de bijuterias.

Morana

As bijuterias da Morana são diferenciadas. Não apenas por sua qualidade, mas porque elas possuem realmente a aparência de joias clássicas. Hoje, já são mais de 300 lojas espalhadas pelo País e no exterior.

São três os modelos de negócio Morana: quiosque, loja e contêiner. No quiosque, o espaço disponível para os produtos é menor, mas essa configuração permite a instalação da loja mesmo em pequenos ambientes.

Contudo, isso não significa que o espaço seja diminuto — na verdade, os consumidores podem passear por ele normalmente, como em uma loja. A vantagem é que o quiosque poderá ficar em corredores ou lojas com metragem mais limitada, bem como em shoppings e centros comerciais.

Enquanto isso, uma loja da Morana é indicada para municípios com  população entre 70 mil e 200 mil habitantes. Mais amplos, esses espaços permitem que a consumidora transite pelo ambiente com maior facilidade. Sua fachada também pode ser mais destacada, chamando a atenção das clientes.

Por outro lado, há a opção pela loja contêiner. A alternativa é mais arrojada, moderna e facilita a instalação do negócio em qualquer local desejado.

  • Taxa de franquia: R$ 40 mil
  • Investimento mínimo: R$ 105 mil
  • Retorno do investimento: 18 a 36 meses

Menina Biju

Por fim, temos a Menina Biju, criada em 2015 que, além de bijuterias e acessórios femininos, oferece peças masculinas e infantis. Ou seja, é possível atender a diferentes públicos com diversos estilos.

Em todo o caso, o principal diferencial da marca é o preço único das suas peças – só R$ 10.

Também é preciso destacar que a Menina Biju não cobra taxa de franquia ou royalties. O ganho da franqueadora é obtido apenas por meio da venda dos acessórios aos franqueados.

  • Taxa de franquia: não cobra
  • Investimento mínimo: R$ 38 mil
  • Retorno do investimento: de 8 a 12 meses

Outras opções de investimento

Como explicamos no início do texto, a opção por uma franquia pode ser cheia de vantagens. Por isso, vale a pena avaliar essa possibilidade na hora de abrir um negócio.

Todavia, além das várias opções de franquias de bijuterias e no setor de Moda, os demais ramos do mercado também contam com incríveis opções de franquias.

Você pode escolher, por exemplo, investir no setor de Serviços Automotivos, Alimentação, Entretenimento e Lazer, ou no de Serviços e outros negócios.

Também existem opções nos ramos de Limpeza e Conservação; Comunicação, Informática e Eletrônicos; Casa e Construção; Serviços Educacionais; e Hotelaria e Turismo.

Agora, se você possui mesmo interesse na área da beleza, pode optar, além da Moda, pelo ramo de Saúde, Beleza e Bem-Estar. O setor é um dos que mais cresce por ano, inclusive em tempos de crise.

Os motivos são variados: a influência dos meios de comunicação, o acesso mais simples a serviços do tipo e, principalmente, a maior preocupação com um envelhecimento saudável.

São vários os modos de atuação no setor. É possível investir em empresas para o controle e prevenção de doenças, perfumaria, academias, entre várias outras.

Dentre as alternativas, as clínicas de estética são as que mais chamam a atenção. De 2012 a 2017, o mercado de estética cresceu 567% no Brasil. As informações são da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec).

Nesse sentido, você pode conhecer a Suav, uma opção de franquia estética. Continue acompanhando!

Franquia Suav

A Suav foi criada para atender a demanda de um público que procurava serviços rápidos e de qualidade. Ou sejam mulheres e homens precisam de atenção para cuidar da sua beleza e que exigem cada vez mais profissionalismo — mas sem perder tempo.

Por isso, a empresa prioriza o atendimento sem hora marcada ou “express”, modelo de atendimento que já é sucesso no mundo todo. O usuário chega e é logo atendido, sem desculpas ou remarcações.

A marca está pronta para atender com serviços de esmalteria, design de sobrancelhas, escovaria e depilação a cera. Para ser um franqueado Suav, o empreendedor precisa ter o seguinte perfil:

  • Deve acreditar na proposta Suav;
  • Afinidade com a Rede de Franquias;
  • Disponibilidade de tempo para dedicação integral ao negócio;
  • Capacidade financeira para entrar no negócio;
  • Espírito empreendedor, visão mercadológica, estratégica e de marketing;
  • Dinamismo e espírito de liderança;
  • Facilidade de relacionamento e habilidade para lidar com conflitos;
  • Propensão a perseguir objetivos com energia e persistência;
  • Afinidade com o setor de beleza e afins;
  • Iniciativa e otimismo.

Modelos de negócio Suav

A Suav possui dois modelos de negócio, todos eles sendo loja física. Os custos da franquia variam exatamente pelo tipo de loja. Os valores previstos incluem o necessário para a reforma e preparação da loja, mobiliário, taxa de franquia, capital de giro, treinamento da equipe, entre outros.

  • Versão da loja: Esmalteria, Depilação e Sobrancelhas

Total geral do investimento: R$ 168 mil

  • Versão da loja: Esmalteria, Depilação, Sobrancelhas e Escovaria

Total geral do investimento: R$ 218 mil

Agora você já sabe tudo o que precisa sobre as franquias de bijuterias e outras ótimas opções do mercado.

Mas antes de investir, lembre-se de pesquisar por outros setores e avaliar suas vantagens. Além disso, é fundamental que você possua afinidade com o ramo. Pois, assim, será mais fácil e prazeroso investir seu tempo e dinheiro no negócio.

*Informações publicadas em Maio/2021. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Advertisement
Advertisement