Quais são os tipos de empreendedorismo? Descubra qual o melhor para você!

Por
em
Imagem de um empresário em uma mesa de escritório. Imagem ilustrativa texto tipos de empreendedorismo.
Advertisement

Existem diversas formas de iniciar o seu próprio negócio e neste conteúdo separamos algumas dicas de como escolher um dos tipos de empreendedorismo ideal para você.

Segundo pesquisas, mais de 70% dos brasileiros sonham em empreender e ser dono de uma empresa. E para chegar até este sonho, são vários caminhos possíveis.

Por isso, veja aqui algumas destas formas de empreender e conhecer aquela que mais combina com o seu perfil.

9 tipos de empreendedorismo para conhecer

Assim como existem diversos perfis de empreendedores, o mercado também conta com muitos tipos de empreendedorismo.

São formas de iniciar o seu próprio negócio, e cada um destes tipos possuem alguns detalhes que os diferenciam entre si.

Sendo assim, veja 9 dos principais tipos de empreendedorismo para conhecer um pouco mais e analisar aquele que pode ser o seu caminho para ter o próprio negócio.

Advertisement

1. Empreendedorismo de franquias

Um dos tipos de empreendedorismo que mais chamam a atenção dos empreendedores no Brasil é o por meio das franquias.

O mercado de franchising é atrativo pois o empreendedor recebe um negócio já estruturado, com uma operação padrão. Ainda, com uma marca reconhecida no mercado.

O franchising possui 11 segmentos de atuação, e dentro deles existem nichos dos mais variados para o empreendedor investir. Seja em uma franquia de Alimentação, Serviços, Turismo, entre outros.

Além disso, é um mercado rentável. Para se ter uma ideia, o franchising brasileiro faturou mais de R$ 167 bilhões em 2020, mesmo com a pandemia e a queda da Economia.

Abrir uma franquia é vantajoso não só por ter um modelo de negócio estruturado, mas também por ter diversos suportes da franqueadora. Este apoio facilita a implementação da empresa.

É suporte para escolha do melhor local para a loja, auxilio na gestão, treinamentos, entre diversos outros. Tudo explicado de forma detalhada na Circular de Oferta de Franquia (COF).

Veja no vídeo abaixo outras vantagens de investir em uma franquia.

Da mesma forma, este formato de negócio é indicado para todo tipo de empreendedor, com diferentes perfis.

Seja para empreendedores com experiência, ou com mais capital para investir, seja para outras pessoas, sem experiência ou menos dinheiro.

Do mesmo modo, o mercado de franquias é muito variado, como falamos. Existem diversos tipos de negócios.

Por exemplo, dentro do setor de Alimentação dá pra iniciar um negócio de comida saudável, fast-food, salgados, doces, e por ai vai.

2. Empreendedorismo individual

Advertisement

O empreendedorismo individual tem crescido bastante no Brasil. Neste formato, o empreendedor inicia um negócio sozinho, sem sócios.

Assim, é indicado para negócios menores, mais simples, e muitas vezes não necessita sequer de funcionários. É a grande maioria dos negócios no Brasil (56,7%), segundo dados do Ministério da Economia.

Esse tipo pode ser voltado para diversos perfis de empreendedores, principalmente aqueles mais proativos. Da mesma forma, possibilita negócios nos mais variados ramos de atividade.

3. Empreendedorismo de negócios

Este tipo de empreendedorismo está associado à criação de uma empresa, que busca apresentar soluções inovadoras para o mercado.

É o formato de empreendedorismo mais generalista, e dentro dele existem outros tipos ligados a mercados e modelos de negócios diferentes.

4. Empreendedorismo informal

Bem comum no Brasil, o empreendedorismo informal significa iniciar um novo negócio sem as formalidades burocráticas. Ou seja, sem criação de CNPJ ou qualquer estrutura corporativa.

No caso do empreendedor, existe a vantagem de não precisar arcar com impostos. Contudo, não há nenhuma garantia trabalhista, como auxílio maternidade, auxílio doença, seguro desemprego ou aposentadoria.

Nas ruas brasileiras é fácil ver este tipo de empreendedorismo, principalmente pela necessidade criada pelo desemprego. Para muitos, é a única forma de levar algum dinheiro para a casa.

Vemos que uma mulher está preenchendo alguns documentos (imagem ilustrativa). Texto: tipos de empreendedorismo.
Apesar das formalidades necessárias, existem muitos empreendedores informais.

5. Empreendedorismo digital

O empreendedorismo digital também é um formato que tem se difundido no Brasil e no mundo. Nele, o empreendedor inicia uma empresa para venda de produtos ou serviços pela internet.

Atualmente, o mercado possibilita iniciar uma empresa digital para atuar nos mais diferentes segmentos.

Por exemplo, por meio de lojas virtuais, provedores de conteúdo (blogueiros, youtubers e streamers), infoprodutos (cursos e treinamentos on-line), além de aplicativos como iFood e Airbnb.

É um formato interessante por diminuir custos e possibilitar chegar a diferentes públicos desse tipo de negócio, sem uma limitação territorial.

6. Empreendedorismo cooperativo

As características do empreendedorismo cooperativo é a união de várias pessoas para iniciar um negócio. Cada um fazendo parte do negócio com seu trabalho e dedicação, sem chefia.

Nesse sentido, a formação da cooperativa é uma forma de fortalecer cada empreendedor, se juntando para oferecer um produto ou serviço melhor e mais completo.

Dessa forma, os empreendedores compartilham conhecimentos e recursos, em uma gestão democrática. Assim, estes vários empreendedores se unem para conseguir melhores resultados e diminuir os gastos.

7. Empreendedorismo social

Entre os tipos de empreendedorismo, o social é o que mais se distingue dos demais. Ele possui algumas características que fogem ao padrão do empreendedorismo.

Normalmente, quem inicia um negócio visa o lucro, ou seja, ganhar dinheiro com aquele empreendimento. Contudo, no empreendedorismo social, há uma ótica diferente.

Isso porque este tipo de empreendimento visa causar um impacto positivo, como melhorias para a sociedade.

Essas empresas existem principalmente para promover soluções que gerem mudanças na realidade de pessoas e/ou comunidades vulneráveis.

Este formato não necessariamente vive de doações, pois é possível também fazer uma arrecadação com seus produtos ou serviço. Porém, a base do negócio é o impacto positivo para a sociedade.

Antes de falar dos dois últimos tipos de empreendedorismo, separamos para você um ebook com dicas de como empreender.

E-book "Como empreende: o guia completo para iniciantes".

8. Empreendedorismo verde

Na esteira do empreendedorismo social vem o empreendedorismo verde. Neste tipo de negócio, as principais atividades são melhorias ou inovações em prol da preservação do meio ambiente.

Esse é um formato de negócio cada vez mais presente na sociedade, muito por conta da crescente preocupação em relação sos impactos ambientas no planeta.

Da mesma forma, são negócios que promovem o uso consciente de água e de outros recursos naturais, bem como a diminuição na geração de lixo.

Além de contribuir para a preservação do planeta, o empreendedorismo verde é um diferencial competitivo, que muitas vezes contribui para a imagem pública da empresa.

9. Intraempreendedorismo

Por fim, diferente de todos os tipos de empreendedorismo dos quais falamos, o intraempreendedorismo é a capacidade de um profissional trazer inovação para a empresa em que trabalha.

Dessa forma, não diz respeito necessariamente a iniciar um novo negócio, mas a habilidade de um empregado apresentar soluções para serem implementadas na empresa.

Essa é uma característica muito requeria nos profissionais atualmente, ou seja, sua capacidade de resolver problemas. Assim, propondo soluções e entregando mais do que um funcionário comum faria.

A ideia é que os colaboradores tenham liberdade para inovar, experimentar e agir como se a empresa fosse deles. Tudo de maneira proativa e criativa.

Com um mercado cada vez mais competitivo em todas as áreas, as empresas querem colaboradores que possam contribuir com inovação.

Este tipo de empreendedorismo deve ser incentivado nas empresas, além de exigir uma proximidade para que os funcionários possam comunicar suas ideias para a diretoria.

Da mesma forma, exige um ambiente fértil para esta troca de ideias, com a empresa mostrando aos colaboradores o importante papel que eles têm.

Como falamos, uma forma simples de empreender é por meio de franquias. O mercado conta com muitas opções de negócio. Aqui, separamos um conteúdo com algumas franquias baratas para você conhecer clicando aqui.

Caso opte por alguma marca, entre em contato com a franqueadora. Porém, se ainda não se decidiu pela franquia na qual irá investir, receba uma consultoria gratuita com especialistas que lhe ajudam nesta escolha. Acesse: henriquemol.com.br.

Advertisement